Marcelo Marques

Pará coordena grupo que irá estudar perdas estaduais com o Fundo de Exportações

O Comitê de Secretários da Fazenda (Comsefaz) criou um Grupo de Trabalho (GT) para estudar as perdas dos Estados com o Auxílio Financeiro para Fomento das Exportações (FEX). A União inscreveu, no orçamento, os valores de FEX aos Estados na rubrica Restos a pagar. Os estados pleiteiam que a verba do FEX seja repassada ainda este ano, a título de ressarcimento dos valores devidos em 2015.

Na reunião do Comsefaz realizada no dia 22 deste mês, em Roraima, preparatória à reunião do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), ficou acertado que o secretário da Fazenda do Pará, auditor de receitas estaduais Nilo Rendeiro de Noronha, vai coordenar o grupo e encaminhar o assunto junto a União. “O repasse este ano é o correto e justo aos Estados exportadores”, afirma ele.