Marcelo Marques

Waldoli Valente condenado no TRF

imageO prefeito eleito de Cametá Waldoli Valente (DEM) foi condenado no TRF1, em Brasília, por improbidade administração e danos ao erário. Com essa decisão, ele se torna inelegível com base na Lei da Ficha Limpa (Lei 135/2010). O Juiz relator klaus kuschel proferiu seu voto e foi seguido pelos demais juízes. A votação foi por três votos a zero. Essa decisão abre caminho para a cassação do diploma eleitoral do prefeito eleito Waldoli. Então mais um prefeito eleito, corre o risco de perder o mandato.