Marcelo Marques

Pará sinaliza que vai querer ajuda militar nos presídios

imagePelo menos nove Estados já manifestaram a intenção de requisitar inspeções das Forças Armadas em seus presídios. O Rio Grande do Norte, informa um auxiliar de Michel Temer, foi o primeiro a formalizar o pedido. Também já requisitaram o auxílio dos militares Amazonas e Roraima. Nesses três Estados, houve rebeliões seguidas de chacinas de presos.

Nesta quarta-feira, Michel Temer reuniu-se com nove governadores da região Norte, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Além de Amazonas e Roraima, outros seis sinalizaram que devem pedir inspeções dos militares em prisões: Rondônia, Acre, Mato Grosso do Sul, Pará, Tocantins e Amapá.

Na reunião com os governadores, Temer vacinou-se contra futuras críticas. Admitiu o óbvio: as varreduras das Forças Armadas nas celas não constituirão uma panaceia contra todos os males do sistema prisional.

”Não será apenas a inspeção periódica que vai resolver o problema”, disse. ”Se não houver uma conjunção de esforços, não vamos ter a ilusão de que a simples menção às Forças Armadas irá resolver a questão. É puxar o primeiro fio de novelo.” Josias de Souza